Atividade acadêmica da linha 3 de pesquisa do MPE – Práticas Pedagógicas para a Equidade

No dia 15 de maio de 2024, a linha Práticas Pedagógicas para a Equidade, turma MPE-23, acompanhada pelas docentes Cleusa Vieira da Costa e Katia Richetto, foi ao encontro da professora Rachel Lotan, da Universidade de Stanford, idealizadora da metodologia do PED, renomada especialista em educação, para um evento significativo que aconteceu no Instituto de Estudos Avançados – IEA-USP.
Lotan liderou o encontro com egressos do seu programo advindos de outras instituições e com o primeiro programa de mestrado profissional, proporcionado pela UNITAU, a implementar a metodologia PED (Programa de Especialização Docente). Este programa visa a formação de professores de Matemática para a educação básica, com foco na aprendizagem do estudante, por meio de práticas pedagógicas que visam construir habilidades para a melhor compreensão matemática atendendo aos estudantes com equidade, promovendo a justiça social e valorização dos professores. A metodologia PED, desenvolvida e aprimorada por Lotan, destaca-se por promover práticas pedagógicas que promovem a equidade e o aprendizado de todos os estudantes, adaptando-se às realidades socioculturais diversas.

Durante o evento, Lotan compartilhou suas experiências e percepções sobre a importância de uma abordagem educacional inclusiva e equitativa, enfatizando a necessidade de adaptar as práticas pedagógicas para atender às diversas necessidades dos alunos. Ela elogiou a UNITAU pela iniciativa pioneira e destacou o potencial transformador da metodologia PED no contexto educacional brasileiro.

A parceria do Instituto Canoa com a UNITAU foi essencial para a implementação da linha 3 do Mestrado Profissional em Educação da Universidade de Taubaté com a metodologia PED. O Instituto Canoa é conhecido por promover a formação contínua de educadores e o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras focadas na equidade e na diversidade. Esta colaboração visa fortalecer a capacidade dos educadores brasileiros de promover um ambiente de aprendizagem inclusivo e diversificado.

Compartilhe

Outras notícias

Tenho Interesse




    Pular para o conteúdo