Brasileiras estiveram em Paris imersas na formação em Motricidade Livre inspirada na Abordagem Pikler

Nesse mês de abril, de 10 a 14, estudantes brasileiras estiveram em Paris imersas na formação em Motricidade Livre inspirada na Abordagem Pikler, no Institut Paris Brune.

A Abordagem nasceu da proposta Pikleriana em torno da motricidade livre modificando profundamente o olhar ao bebê e à criança pequena, assim, o bebê é considerado uma pessoa competente; capaz de tomar iniciativa sendo um parceiro ativo no seu próprio desenvolvimento. Essa constituição de criança influencia as práticas institucionais no contexto das creches, escolas e instituições de acolhimento. Colocando a criança pequena no centro dessa reflexão.
Nesse sentido são objetivos da formação descobrir os princípios fundamentais da Abordagem Pikler e identificar a importância da motricidade livre, da atividade autônoma do bebê e da criança pequena.
Nossa mestranda Leandra Silva, MPE 23, estava com outras professoras da Educação Básica de escolas públicas de diversos lugares do país. Fazem parte do grupo de estudos da Carmen Orofino, que é membro da Associação Pikler Brasil. Os demais formadores são da França – Instituto Loczy França.

Compartilhe

Outras notícias

Tenho Interesse




    Pular para o conteúdo